SH 16 – À flor da terra: o Cemitério dos Pretos Novos

22 de julho de 2017

Numa reforma de uma casa recém comprada para desfrutar sua aposentadoria, um casal do Rio de Janeiro descobre o que seria depois visto como um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo para o estudo histórico da diáspora negra: o Cemitério do Pretos Novos.

Ali foram jogados à flor da terra os corpos de seres humanos que foram trazidos do continente africano para serem escravizados no Brasil. Sem direito sequer a um enterro digno foram ali descartados como lixo. Dona Mercedes e Seu Petrúquio, no entanto, resolveram lutar contra todas as dificuldades para que esta história de desumanização não seja nunca esquecida e que jamais se repita.

IPN

Hoje você vai conhecer conosco a história do Instituto dos Pretos Novos e com ela um pouco da história do cemitério dos pretos novos e da escravidão no Rio de Janeiro, o maior porto de desembarque de escravizados do mundo, através da nossa conversa o Prof. Blonsom Faria, coordenador do educativo do Instituto.

Vem com a gente entender um pouco mais dessa luta pela preservação deste importantíssimo lugar de memória da diáspora africana pelo mundo. Este é o SH 16 – À flor da terra!

=================
O IPN – Instituto dos Pretos Novos fica localizado na Rua Pedro Ernesto, 32/34 – Gamboa, Rio de Janeiro. Hoje o Instituto teve uma drástica redução de sua verba pública, dependendo ainda mais de doações para se manter. Sua importância histórica é enorme. Ajude o IPN. Você pode ajudar das seguintes formas:

– Visite o IPN. Conheça sua história. Leve pessoas até lá.
– Se você é professor, ou é aluno, faça uma visita em grupo. O Instituto está aberto para visitações coletivas.
– Compartilhe este programa para o máximo de pessoas que você conhecer. Saber do que se passa com o Instituto é fundamental para combater os ataques que ele vem sofrendo.
– O IPN vem fazendo uma campanha através de uma hashtag. Tire uma foto sua com um cartaz escrito #IPNResiste e compartilhe em suas redes sociais. Você pode até compartilhar junto com o link deste episódio para que as pessoas tenham acesso à história do IPN.
– E mais importante de tudo: DOE. O Instituto sobrevive pagando as suas contas. E está cada vez mais apertado de grana. Faça uma doação para:

Instituto de Pesquisa e Memória Pretos Novos
CNPJ: 08.171.201/0001-63
Banco Bradesco
Agência 6017
Conta 0006845-4

É muito importante sua colaboração.

#IPNResiste
=================

ESCUTE O PROGRAMA

Você pode escutar o programa pelo seu app de podcast preferido na busca ou adicionando nosso feed (logo abaixo),ou clicando no player abaixo.

 


Bibliografia (links citados)

O IPN – Instituto de Pesquisa e Memória Pretos Novos


Ficha Técnica

SH 16 – À flor da terra: o Cemitério dos Pretos Novos

Duração: 1h22m
Lançamento: julho de 2017
Pauta: Fernanda Moura
Participantes: Daniel Carvalho, Fernanda Moura, Raone Ferreira, Blonsom Faria (convidado) e Noemi Bezerra (produção)
Edição: Noemi Bezerra e Daniel Carvalho
Arte de capa: Daniel Carvalho e Fernanda Moura


SOBRE HISTORIA PODCAST é um programa quinzenal de debates e discussões que como o nome diz tem a História como foco. Claro, sempre com uma pegada pro presente, pra atualidade, pra gente sempre refletir sobre o nosso tempo. Feito por historiadores, mas para o público geral, sem firula, sem fru fru, de forma simples e solta. Vai logo; escuta aí!
E claro, não deixe de interagir.


ACESSE O SITE: http://sobrehistoria.blog.br

E-mail: sobrehistoria.podcast@gmail.com

Acesse nossa fanpage no FACEBOOK pra ficar por dentro das novidades
http://facebook.com/sobrehistoria.podcast

Instagram: @sobrehistoria

FEED para seu app de podcasts:
http://feeds.feedburner.com/SobreHistoria

Daniel Carvalho on sabwordpressDaniel Carvalho on sabtwitterDaniel Carvalho on sabinstagramDaniel Carvalho on sabfacebook
Daniel Carvalho
Graduado em História pela UERJ e Mestre em Ensino de História pela UERJ-FFP. Fã de Francisco de Assis, papai (humano) da Chiquinha e do Lenin. Professor da Educação Básica pela Prefeitura de Macaé-RJ. Pesquisador pelo LEDDES-UERJ na área de Ensino de História e História Pública. Acha que é músico, mas na verdade é só de gêmeos.

Deixe um comentário




Voltar

Quem procura, acha…

Ouça o Podcast!

Assine o Blog

Pra ficar por dentro toda vez que sair texto novo